Salas de estar  por K+Yアトリエ一級建築士事務所

Com 77 m², casinha traz 7 boas ideias para lares pequenos

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Loading admin actions …

Hoje desembarcamos no Japão para apresentar uma residência com excelentes ideias para otimizar espaços pequenos. O Japão é um país de território reduzido. Esta peculiaridade exige que as construções sejam compactas e incorporem soluções de otimização dos espaços. Projetada pelo estúdio japonês Ky Atlier, esta residência de 77 m² e organizada em dois pavimentos traz excelentes soluções de como aproveitar melhor o espaço sem perder a praticidade e o conforto.

Confira a seguir mais imagens e mais detalhes desta casa japonesa com soluções e ideias inspiradoras para quem precisa lidar com espaços pequenos mas não abre mão do conforto e da praticidade.

​1 – O projeto deve prever futuras ampliações

Stewart Brand, autor do livro How Buildings Learn, sem tradução e edição no Brasil, afirma que o tempo é o principal elemento do design. Isto significa que é vã a tentativa de conceber um edifício como algo imutável. Os edifícios ensinam, portanto, que eles devem ser concebidos para evoluir com o tempo. Bem, a primeira dica que podemos extrair deste projeto, organizado em dois pavimentos, é que ao elaborar um projeto é fundamental considerar a possibilidade de o edifício expandir, para cima, reforçando a estrutura, para os lados, para frente ou para trás, deixando uma área livre no terreno descontando-se os recuos obrigatórios. Você pode construir uma casa compacta, mas se o futuro trazer alguma necessidade de alteração, como por exemplo, a chegada de filhos, sua casa estará apta a evoluir e expandir.

2 – ​Integre os ambientes

Neste projeto, embora os espaços sejam pequenos, eles estão integrados e, portanto, os ambientes parecem maiores do que são. Em uma casa pequena, corredores, escadas e paredes consomem uma área significativa. Uma boa maneira de aproveitar melhor os espaços é ter ambientes integrados e sem divisórias como vemos aqui. Além de integrar os ambientes, você pode fundi-los para uma maior otimização espacial. Neste projeto o espaço social serve de sala de estar e sala de jantar. Ao invés de dois espaços pequenos, optou-se por um espaço único e mais amplo e consequentemente mais confortável.

3 – Use os móveis para dividir o espaço

Neste projeto, a cozinha também está integrada ao living room. A bancada da pia é que delimita o espaço entre a sala de estar e a cozinha, servindo portanto de divisória. Portanto, usar móveis ao invés de paredes é uma outra solução para otimizar espaço e integrar melhor os ambientes. Além desta solução, o projeto fez uso de móveis planejados na cozinha, armários feitos exclusivamente para o espaço, que se encaixam perfeitamente no ambiente a agregam funcionalidade à cozinha. 

4 – Priorize móveis compactos e sob medida

Neste projeto os móveis são todos planejados e dimensionados respeitando-se as dimensões dos espaços internos e a necessidade de circulação. Portanto, se o ambiente é pequeno, é importante escolher o mobiliário que respeite os espaços existentes e que não comprometam a circulação. Não vale a pena ter uma mesa inadequada, na qual as pessoas tenham que se levantar da cadeira para desobstruir a passagem, por exemplo. Se você não encontrar um móvel adequado para o seu espaço, você pode encomendar um móvel personalizado ou embutido. Elementos em marcenaria são uma ótima solução para salvar espaço e às vezes podem custar menos do que um móvel tradicional, dependendo da marca.

5 – Integre banheiro e área de serviço

Neste projeto, além do lavatório com bancada de madeira e cuba de apoio e sanitário, há espaço para a máquina de lavar, integrando banheiro e área de serviço. Portanto, uma boa maneira de otimizar espaço é integrar o banheiro e a área de serviço. Esta solução pode servir ainda para quem deseja expandir a cozinha, quando esta é integrada a área de serviço.

Mais informações sobre projetos de banheiros, você encontra aqui.

6 – Use o vidro para separar ambientes

Em uma residência japonesa não pode faltar a tradicional sala do chá, um espaço tradicional de cerimônias. Mas repare que o ambiente, além de estar integrado ao living room, através de portas de madeira móveis, está situado alguns centímetros acima do nível do piso do living room.  

7 – Aposte no espaço de armazenamento embutido

Aqui encontramos uma ótima maneira de otimizar espaços de armazenamento. É sempre bom ter espaços de armazenamento para manter a casa organizada. Neste projeto a solução encontrada foi localizar a sala do chá em um nível mais elevado em relação ao living room e utilizar o espaço sob a base elevada como área de armazenamento. As gavetas embutidas sob o espaço da sala agregaram um valioso espaço para armazenar objetos e manter a casa organizada. Mais uma vez, um elemento em marcenaria trouxe a solução perfeita para o espaço reduzido.

Quais destas soluções você adotaria em sua casa para otimizar o espaço?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!