Piscinas Naturais: Ideias, Fotos, Projetos e Construção | homify Piscinas Naturais: Ideias, Fotos, Projetos e Construção

Piscinas Naturais: Ideias, Fotos, Projetos e Construção

Uma piscina natural é um conceito relativamente novo na concepção e construção de piscinas. Tratam-se de tanques de água biológicos que não utilizam produtos químicos, nem na água e nem na forma como são purificados. Estão entre um lago e uma piscina, já que ao mesmo tempo que permitem um banho, também são elementos decorativos.

A tendência começou na Áustria na década de 1980, e a ideia surgiu principalmente para ser utilizada em parques públicos e hotéis. Ao longo do tempo, essa iniciativa foi se espalhando para a Alemanha e o resto da Europa. Atualmente, existem mais de 20 mil piscinas naturais no continente europeu e não são apenas construídas em áreas públicas, mas também em propriedades privadas. No Brasil e na América Latina, a tendência dificilmente se desenvolve e, pouco a pouco, estão caindo no gosto dos arquitetos, paisagistas e usuários em geral, tanto para uso público quanto privado.

As piscinas naturais também são conhecidas como ecopiscinas, biopiscinas, piscinas sem cloro, lagoa de natação ou piscinas naturalizadas.

Características principais:

- Uma piscina natural é caracterizada principalmente pelo uso de sistemas de purificação naturais, que ajudam a oxigenar a água da piscina e eliminar microrganismos indesejáveis ou algas. Como por exemplo cascalho, areia, pedra vulcânica, plantas, musgos e peixes pequenos.

- A zona de purificação é separada da área de banho, então, tecnicamente, são duas piscinas, separadas por uma parede comumente construída sob a superfície da água.

- Uma bomba hidráulica é utilizada para a circulação da água e purificação própria para o banho.

Vantagens:

1. Pode ser instalada em propriedades públicas e privadas.

2. Podem ser de diferentes tamanhos e formas (orgânicas ou ortogonais).

3. Também são elementos decorativos, integram a paisagem e aumentam o valor de uma propriedade.

4. A ausência de produtos químicos e substâncias como o cloro, que irritam os olhos e danificam os cabelos, tornam esta estrutura perfeita para todos, já que não há risco de ninguém desenvolver alguma alergia

5. A economia na manutenção é muito significativa, pois seu sistema de purificação é natural e não é necessário trocar a água regularmente.

6. Podem ser incluídas plantas, peixes e animais aquáticos.

7. O sistema pode ser adaptado às piscinas existentes.

Desvantagens:

1. A urina não pode ser facilmente removida da água em uma piscina biológica, por isso pode ser difícil instalar uma em uma casa onde há crianças.

2. A estrutura requer mais espaço do que uma piscina química ou convencional, no mínimo 25-30 m², pois tecnicamente são duas piscinas: a zona de purificação e a área de banho.

3. A profundidade média deve ser de 2,2 metros para que o sistema funcione corretamente.

4. Não existem formatos pré-fabricados.

5. O volume de água deve ser alterado com grande cuidado para não afetar o ecossistema e o processo de purificação.

Onde construir uma piscina natural?

As piscinas naturais são adequadas para qualquer espaço urbano ou rural. No entanto, o ideal é que essa estrutura seja instalada em uma área ampla e onde o sol marca presença durante o dia na maior parte do ano - especialmente na estação de tratamento. Recomenda-se construir a piscina natural em pátios modernos ou propriedades rurais, à medida que se parecem mais naturais e adequados ao meio ambiente.

Como construir uma piscina natural em seu jardim?

A construção de uma piscina biológica no quintal ou terreno é semelhante à instalação de uma lagoa, a única diferença dessas biopiscinas é que a profundidade é maior e outros aspectos devem ser atendidos, especialmente em relação ao espaço necessário e o sistema de filtração correto. Portanto, recomendamos que você entre em contato com um profissional para aconselhá-lo corretamente no projeto e execução da obra da sua piscina natural. No entanto, para lhe dar uma ideia de construir uma, confira o passo a passo:

- Cavar e nivelar o chão onde a piscina será instalada. Máquinas especiais podem ser necessárias, dependendo do chão do quintal da sua casa.

- Retirar a areia ou outros empecilhos do chão, cobrindo tudo com cascalho ou areia.

- Instalar uma camada de impermeabilização ao redor da área do buraco.

- Instalar a bomba e o filtro.

- Encher o buraco com água.

- Colocar plantas locais na área de filtração da piscina.

- Acabamento ou instalação de plataformas para acesso à piscina

Os profissionais que podem ajudá-lo a construir sua piscina natural são: arquitetos, engenheiros e designers paisagistas.

Como decorar a sua biopiscina?

Existem muitas maneiras de decorar sua piscina natural: colocando plantas na água ou em torno da área do banho, como papiro, bambu, jacinto de água, íris ou lírio de água, arroz, cana e enea. Para criar privacidade, você pode decorar sua piscina com plantas ou árvores de escalada, enquanto para purificar e, ao mesmo tempo, decorar, Typha latifolia, Acorus calamus e Zantesdechia, são as plantas mais indicadas.

Além disso, você pode decorar a piscina, adicionando pedras, uma cachoeira ou fonte e, claro, a iluminação. Também com plataformas de madeira ou carris de ferro.

Preço de uma piscina econlógica

Construir uma piscina ecológica em sua casa, no início pode custar 20 ou 30% a mais do que instalar uma piscina convencional. No entanto, a longo prazo, o investimento vale a pena e é menor do que o convencional, uma vez que os custos de manutenção são tão altos como em uma piscina tradicional. Nós o convidamos a continuar navegando nas páginas do homify e a inspirar-se com todas as fotos de piscinas naturais que temos para você.