Piscinas de jardim – inspiração e design de interiores

  1. Piscina K+E (casal americanense): Piscinas de jardim  por MAGEN | Revestimentos Cimentícios
  2. PISCINA COM DECK E FACHADA PRINCIPAL: Piscinas de jardim  por Tânia Póvoa Arquitetura e Decoração
  3. Precisa de ajuda com o projeto de sua casa?
    Precisa de ajuda com o projeto de sua casa?
  4. PISCINA E ESPAÇO GOURMET: Piscinas de jardim  por Tânia Póvoa Arquitetura e Decoração
  5. Piscina com Vasos Fonte: Piscinas de jardim  por Juliana Zanetti Arquitetura e Interiores
  6. Área externa - Piscina: Piscinas de jardim  por Rodrigo Westerich - Design de Interiores
  7. Espaço de Lazer: Piscinas de jardim  por 1001 Projetos Online
  8. Precisa de ajuda com o projeto de sua casa?
    Precisa de ajuda com o projeto de sua casa?
  9. Lazer 1901: Piscinas de jardim  por Machado Fontana | Arquitetura e Interiores
    Ad
  10. Residencial Modular - Contêiner: Piscinas de jardim  por Rodrigo Westerich - Design de Interiores
  11. Área externa - Piscina: Piscinas de jardim  por Rodrigo Westerich - Design de Interiores
  12. fachada e psicina: Piscinas de jardim  por Ruschel Arquitetura e Urbanismo
  13. Vista da área de lazer: Piscinas de jardim  por Arquiteta Bianca Monteiro
  14. PISCINA E ESPAÇO GOURMET: Piscinas de jardim  por Tânia Póvoa Arquitetura e Decoração
  15. Casa Búzios: Piscinas de jardim  por MORSCH WILKINSON arquitetura
  16. Piscina de Alvenaria com revestimento em Vinil SODRAMAR: Piscinas de jardim  por Vila Nova Piscinas
  17. CASA NA PRAIA : Piscinas de jardim  por Maciel e Maira Arquitetos
  18. Piscina P|C: Piscinas de jardim  por Jorge Júnior Arquitetura
  19. Piscinas: Piscinas de jardim  por Arquiteta Carol Algodoal Arquitetura e Interiores
  20. Piscina e Varanda Gourmet: Piscinas de jardim  por Juliana Zanetti Arquitetura e Interiores
  21. Piscina com deck: Piscinas de jardim  por Bernal Projetos
    Ad
  22. Residencia Acacias: Piscinas de jardim  por Sitá Arquitetura e Urbanismo
  23. Lazer 1901: Piscinas de jardim  por Machado Fontana | Arquitetura e Interiores
    Ad
  24. Residência EV | A romântica : Piscinas de jardim  por Alto Arquitetos
  25. Residência EV | A romântica : Piscinas de jardim  por Alto Arquitetos
  26. Amplitude : Piscinas de jardim  por Adriana Canova Arquitetura
  27. Amplitude : Piscinas de jardim  por Adriana Canova Arquitetura
  28. Área de Lazer: Piscinas de jardim  por Olivia Paterno
  29. Área de lazer: Piscinas de jardim  por Olivia Paterno
  30. Área de Lazer: Piscinas de jardim  por Olivia Paterno
  31. Área de Lazer: Piscinas de jardim  por Olivia Paterno
  32. Espaço de Lazer: Piscinas de jardim  por 1001 Projetos Online
  33. Espaço de Lazer: Piscinas de jardim  por 1001 Projetos Online

Piscina: quem mora no Brasil sabe o que essa palavra significa. Em um país tropical que apresenta altíssimas temperaturas quase o ano todo, quem não tem uma com certeza sonha em ter – ou se aproveita dos amigos e do vizinho para um momento de refresco.

Ideal para todas as idades, é verdade que o artefato não é lá ideal para todos os bolsos! Se você tem um orçamento um pouco limitado e quer entender melhor antes de construir a sua, continue nos acompanhando e veja as diferenças e opções.

Como escolher a piscina ideal para o seu jardim?

A escolha do melhor material e mão de obra para a realização da obra deve ser feita de maneira muito cautelosa. Aqui a economia nem sempre vale a pena, e às vezes um bom investimento vai te salvar de dores de cabeça por um longo tempo com eventuais manutenções, vazamentos, etc.

Existem diversos pontos que devem ser levados em consideração na construção de uma piscina, desde a área, tipo, formato e dimensão do lote, quanto ao formato e acabamento de piscina escolhidos. e aos diversos orçamentos com preços totalmente diferentes que irá receber.

A homify apóia sempre que você consulte um profissional ou empresas especializadas e não tente instalar uma piscina no quintal por si mesmo (a) para entender melhor quais são as melhores opções para o seu terreno e o seu bolso.

Vidro, alvenaria ou vinil: qual vale mais a pena?

As mais procuradas no mercado hoje, são as piscinas de fibra de vidro. Levando em consideração o tempo de instalação, a estrutura e o preço, o custo-benefício vale a pena. Elas pré-fabricadas e transportadas até o local. Além disso, são resistentes à mudanças de temperatura e pressão, garantindo total durabilidade por até 10 anos antes de começarem a apresentar algumas bolhas. Os preços* podem variar entre R$ 9 mil (para uma piscina com dimensões de 4x2m) e R$ 44 mil (piscinas com aproximadamente 10x4,6m).

As piscinas de alvenaria são as mais caras e valorizam muito um imóvel de luxo, já que este material se destaca por possibilitar diversos formatos e dimensões diferentes, como a construção de piscinas de borda infinita. A estrutura desse tipo de piscina é feita em concreto armado, e o terreno deve ser preparado com uma malha dupla de ferro ou tela de aço, revestida com uma base de polímeros e acabamento em azulejos ou pastilhas de vidro. Isso significa que a implementação da piscina no terreno deve ser feita de maneira muito cuidadosa para evitar qualquer eventual fissura.

Já as piscinas de vinil também são feitas em alvenaria, porém revestidas com material vinílico, feitas por empresas especializadas. O maior objetivo desse tipo de revestimento é impedir o vazamento de água, possui duração de cerca de 10 anos e custa em média R$ 10 mil para uma piscina com dimensões 4x8m.

Alternativas: quem acha que tudo isso acaba pesando demais no orçamento, pode ainda se refrescar com uma piscina de armação, que consiste em uma estrutura com hastes de ferro e uma capa de PVC em formato geralmente retangular. As maiores e mais requintadas saem por cerca de R$ 1 mil para uma capacidade de até 10 mil litros. A novidade é que as piscinas atuais desse gênero podem contar com escadinha e até uma bomba com filtro para manter a água tratada.

A opção mais barata de todas, porém, é a piscina inflável. Não precisam de escavação no terreno, assim como as piscinas armadas, e consistem apenas de uma estrutura geralmente circular e feita de PVC. A desvantagem é que, como não existe nenhum outro suporte para o plástico, é preciso prestar bastante atenção para que a sua seja higienizada e conservada de maneira correta. Tomando conta, elas podem durar muitos anos!

* Pesquisados em dezembro de 2016.

Quais são os cuidados e a manutenção necessária?

O exterior de cada piscina pode variar muito, e, com isso, também varia o tipo de limpeza adequado para essas superfícies (madeira, mármore, pedras, etc). Depois de limpar o entorno, chegou a hora de limpar o skimmer ou coadeira, que é um dispositivo que fica na lateral da piscina, filtrando e capturando a sujeira. A limpeza pode ser feita de maneira manual e regular, assim como o pré-filtro da motobomba.

O ideal é que as piscinas sejam limpas de duas a três vezes por semana, com cloro ou outro material químico em intervalos de 48 horas. Estes produtos devem estar sempre dentro da validade, e, sempre que possível, é preferível usar a peneira para limpar a superfície e retirar materiais sólidos da água.

Além disso, as piscinas de alvenaria devem ter um cuidado especial com uma escovação – a escova própria para isso possui cerdas macias. Os rejuntes das pedras, pastilhas de vidro ou azulejos acumulam bastante resíduos e sujeira.

Outro recurso bastante utilizado é a aspiração, que exige mais experiência e paciência. Caso necessário, utilize um decantador para que a sujeira condense e fique no fundo da piscina. Ele age em um intervalo de 12 horas, e, antes da aspiração, todos os filtros e registros devem estar fechados.