Jardins de Fachadas de Casas: Ideias, Fotos e Paisagismo | homify Jardins de Fachadas de Casas: Ideias, Fotos e Paisagismo
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3648:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Jardins de Fachadas de Casas: Ideias, Fotos e Paisagismo

Jardins na fachada ou entrada de casa

Para tornar a fachada, frente ou entrada de sua casa mais linda do que já é, nada melhor do que projetar um jardim que acolha com alegria todos os seus convidados ou encha os olhos dos passantes que a admiram. Independentemente do tamanho disponível, sempre há espaço para um jardinzinho na frente. Aqui no homify nós reunimos muitas idéias para você se inspirar, mas, primeiro, é importante compartilhar o que você deve considerar antes de projetar seu jardim na frente de casa.

É necessário ter permissão legal para construir um jardim em frente à sua casa?

Você não precisa se inscrever para obter uma licença de construção para projetar seu quintal ou jardim na sua propriedade, mas você precisa considerar algumas considerações muito importantes de qualquer maneira.

Para projetar um pequeno jardim no espaço entre a calçada e a rua - conhecida como faixa de serviço, recomendamos que você vá ao escritório da prefeitura da sua cidade. A cartilha pode ter algumas variações dependendo do estado, região ou cidade e existem uma série de regras para que o design do banco pareça uniforme e uma imagem urbana coerente e padronizada seja mantida. Se você mora em São Paulo, confira a cartilha completa aqui.

Fique ciente que na sua calçada existem três faixas a serem consideradas e respeitadas. São elas:

1 - Faixa de serviço

Esta é a área destinada à colocação de árvores, rampas de acesso para veículos e pessoas com deficiência, postes, sinais de trânsito, mobiliário urbano, etc.

2 - Faixa livre

Destinada à circulação de pedestres, esta faixa deve estar livre de qualquer obstrução ou desnível, incluindo também vegetação, plantas e flores. O pavimento deve possuir uma superfície firme, contínua e antiderrapante, sem qualquer reparo ou fissura, e deve ter uma largura mínima de 1,20m.

3 - Faixa de acesso

Esta é a área em frente à sua habitação ou terreno que se encontra vegetação, rampas, toldos, propaganda e mobiliário móvel como mesas de bar e floreiras. Aqui você pode construir o seu jardinzinho sem obstruir a entrada do imóvel.

Considerações a serem tomadas antes de construir seu jardim:

- A área de seu jardim nunca deve invadir a área da calçada, nem enviar a água da chuva para o terreno vizinho. Sempre tenha cuidado para não exceder os limites do seu lote.

- Se o seu jardim frontal estiver no segundo andar, destaque-o de um modo que não obstrua o espaço público ou outros objetos, como faróis ou postes.

- Os jardins dianteiros localizados no segundo andar não devem drenar a água, e devem ser projetados para canalizar a água da chuva para o corredor ou o quintal. Caso uma casa não tenha um corredor lateral, recomenda-se a construção de parapeitos com um mínimo de 30 centímetros e a adição de calhas para o redirecionamento da água.

Escolha o estilo da fachada ou calçada na frente de casa

Uma vez que estiverem pontuadas e esclarecidas todas as considerações que você deve levar em conta para que seu jardim da frente não obstrua o passeio pública ou afete o terreno do vizinho, recomendamos que você escolha o estilo do jardim que vai decorar a frente da sua casa. Existe uma variedade enorme, confira algumas das principais:

Minimalista: ideal para espaços pequenos e fachadas modernas. Um pequeno espaço com grama, um par de arbustos pequenos e pedras brancas como elemento decorativo são suficientes. As samambaias também são uma ótima opção para jardins de estilo minimalista. Se desejar, você pode incluir uma laje ou caminho concreto que comunica a calçada com a entrada da sua casa.

Dicas de arbustos e cercas vivas: Viburno, sansão do campo, buxinho, camélia, laurotino, tumbérgia-arbustiva, murta e primavera.

Rústico: para fachadas com espaços médios e grandes. A combinação de pedras de diferentes tamanhos, texturas e tons dá muito charme para esse tipo de fachada. As plantas mais adequadas são cactos, suculentas, pequenos arbustos e flores como azaléias, hortênsias, margaridas e girassóis. Elementos decorativos, como cestos, pontes de madeira e esculturas artesanais de argila ou ferro darão um toque único. Você pode usar tábuas de madeira para marcar um caminho para os seus visitantes.

Mediterrâneo: um jardim que é fácil de manter e resistente a lugares com falta de água. Para espaços médios e grandes. Você pode criá-lo com ervas aromáticas, árvores frutíferas e buganvílias para adicionar cor. Para a sombra, inclua árvores como louro e carvalho. Neste tipo de jardim você pode incluir elementos decorativos feitos de argila ou cerâmica, que vão acentuar ainda mais o caráter mediterrâneo e praiano ao seu espaço verde em frente à sua casa.

Asiático: perfeito para fachadas com espaços grandes e pequenos. O importante é sempre transmitir harmonia e paz. Segundo as técnicas japonesas de jardinagem, isso pode ser facilmente conseguido combinando 5 elementos: caminhos, plantas, árvores, areia e pedras. Em alguns jardins de estilo asiático você também pode incluir água, instalando uma fonte ou uma lagoa. As plantas de folhas em formas macias são as mais adequadas para colocar neste tipo de área verde, bem como bambu, arbustos médios, como ameixa vermelha, laranja amarga e pequenas palmeiras.

Como encontrar o profissional perfeito para o paisagismo da sua calçada?

A homify é uma das maiores plataformas de arquitetura, paisagismo e design de interiores. Se você procura um profissional capacitado para projetar e realizar o jardim e a iluminação na entrada da sua casa, basta deixar sua solicitação de projeto e um profissional deverá entrar em contato rapidamente.